Beba água, mude o mundo e #vivapositivamente

Saí de um paraíso:

Sancho

 

Direto para outro:

Rio

 

Para encontrar com uma galera EXTRA:

Viva 3

 

E aprender um monte com estes dois caras:

Os caras da hidratação

O moço da esquerda é o Dr. José Rubens D’Elia, educador físico e administrador de empresas que há vinte anos trabalha com a preparação de atletas de alta performance.

O da direta que  habita tatame imaginário popular é o Flávio Canto, faixa preta de judô e de jiu-jitsu, medalhista olímpico, comentarista de esportes e apresentador da Rede Globo e idealizador do Instituto Reação.

O objetivo inicial do encontro era conversar sobre hidratação, mas… Onde tem gente legal, com muito conteúdo e histórias pra contar, além de alcançar o objetivo a gente geralmente conquista uns 3 ou 4 continentes à nossa escolha.

Viva 1

Uma grande automudança em mim by mylsef aconteceu após este encontro. Aos 36 anos, além de começar a beber muito mais água, plantei a sementinha da minha jornada formal como voluntária e ativista digital, mas isto é assunto para outro post.

Viva 2

Dr. D´Elia, ao tratar sobre a importância da hidratação, deu várias dicas para que o cidadão comum #vivamaispoisitivamente:

– Como não temos reserva de água, precisamos programar a nossa hidratação. Assim, deve-se ingerir pelo menos um copo de água a cada hora; por dia, em média, 2,5 litros;

– Uma forma simples e eficiente de verificar se estamos hidratados é através da cor da urina; quanto mais amarela, menor o nível de hidratação;

– A cada 20 minutos de exercício físico, deve-se ingerir 3 goles de água (aproximadamente 50 ml);

– Isotônicos são bebidas inteligentes que viabilizam a absorção de água e de glicose, ou seja: são super amigos da hidratação;

– Não é indicada a ingestão de líquidos durante as refeições, posto que ocasionam a dilatação do estômago;

Quer estabelecer um compromisso com a sua hidratação? Instala o App I Drink Water (gratuito) e, ao invés de xingar o seu gadget ao receber um lembrete de que é hora de beber água, beba a água! ;)

I drink water

O App, considerando peso, altura, prática de atividade física e exposição solar, calcula a quantidade mínima de água que você deve ingerir diariamente. Eu, por exemplo, devo ingerir no mínimo 1815 ml/dia. Confesso que nem sempre bebo com água quando recebo o lembrete, mas não beber gera uma “não conformidade” no sistema e fico achando que estou fazendo algo errado e algum TOC se manifesta… Fato é que tenho bebido muito mais água.

Viva 5

Flávio Canto (que ficou muito feliz ao me conhecer, observem) somente aos 14 anos descobriu o judô. Para alcançar o nível/performance dos outros atletas, que praticamente nasceram nos tatames, ele treinava o dobro, o triplo. Inspirado em Joaquim Cruz, resolveu que seria atleta olímpico. E foi. Resolveu também que mudaria um mundo de cada vez. E mudou.

À frente do Instituto Reação, desde 2003 ele muda diariamente o mundo de milhares de crianças e adolescentes, formando faixas pretas dentro e fora dos tatames. Por meio da educação e do esporte, a organização não governamental promove a inclusão social e concede oportunidades a quem não as teria.

“Nós precisamos ter um equilíbrio entre os privilégios que possamos ter com as responsabilidades que ganhamos. Costumo dizer que tem uma equação ideal do nosso trabalho: o número de vidas que você tem para transformar x o número de vidas que você transforma. Agora eu botei meu idealismo em foco e em vez de querer salvar o mundo, prefiro salvar um mundo de cada vez”, disse Canto.

Saber um pouco mais sobre a trajetória pessoal dele foi pra lá de inspirador. Não que eu pretenda começar a treinar judô amanhã ou me tornar comentarista esportiva… Mas ouvir o quanto você pode mudar a vida de alguém, pra melhor, enche o coração. Você já pensou nisso? No quão transformador você pode ser?

Beba água, mude mundos e #vivapositivamente.

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!

Pra conversar: Grupo de Mães e Madrastas

Comente, compartilhe! :)