Ela não dançou…

Mas e daí?

Vivi junina 2Sempre achei o São João overrated. Achava, inclusive, meio bullying vestir as crianças de matuto e tal.

Mas… Cuspir pra cima é um dos esportes que mais se pratica na maternidade e… A verdade é que eu estava mais que empolgada com a primeira festa junina da escola da Vivi.

Escolhi um vestido lindo, comprei lacinhos (que ela não quis usar), deixei que ela pensasse estar fazendo mesma fizesse o make…

E lá fomos nós.

Luzes da plateia apagadas. Palco iluminado. Começa a música e… Ela não se mexe. Não bateu uma palminha, não deu uma reboladinha, não jogou os bracinhos pra cima… Todos os passinhos que ela repetia incansável e espontaneamente em casa não foram executados. Não chorou. Ficou com uma cara de “nem aí” e, em vários momentos, de costas para a plateia.

Apesar de ser um comportamento absolutamente comum na idade dela, fiquei surpresa. Como Vitória é a encarnação da Shakira em casa e todos os dias ela faz um showzinho de calouros, esta mãe aqui jamais pensou que a filha não fosse dançar.

Dia desses, no aniversário de uma amiga-irmã, ela ouviu uma música mais animadinha, chegou pra mim e disse: – Vamos dançar, mamãe!

A gente vive dançando, pô!

O interessante é que ela não parecia incomodada nem assustada. Ela curtiu o momento, do jeitinho dela (que fique claro que só entendi assim depois de muito pensar e depois de conversar com a minha terapeuta).

E aí me veio a culpa. Eu não entendi a minha filha. Precisei de algumas boas horas e de uma chorada básica (sim, foi um drama sem fim) para me lembrar de que ela não é o meu protótipo, o meu projeto pessoal e nem veio ao mundo para me satisfazer.

Vivi junina 1
Animação AND descabelamento MODE ON antes da apresentação

A Vivi é uma pessoa! E essa pessoa deve dançar quando e se quiser, não quando eu quiser. Ainda é cedo para saber se ela vai ou não gostar de dançar (em público). Mas não é cedo para que eu aprenda a RESPEITAR a minha filha.

Fui uma mãe muito bobinha. Desculpa, Totólia.

Beijos,

Mamãe.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!

Comente, compartilhe! :)