Enquanto a mãe descansa, o pai cuida

E assim intuitivamente ensinamos às meninas que ela podem ser absolutamente tudo que quiserem

Vivi e pd3

A filha passou a noite tossindo e com febre, mas acordei depois das 8am.

‪#‎pd3‬ ficou com ela durante toda a madrugada e, ao amanhecer, levou à praia (método infalível para colocar a secreção pra fora) e à padaria (para ver se ela escolhia algo para comer).

Sabe aquela carinha de doente que filho faz, que dá um dó danado? Ela está assim, murchinha, sem querer comer absolutamente nada, mas feliz.

Deve ser a overdose de amor que ela recebe, de todos os lados.

É tanto amor que estou achando lindo até ela ter saído descabeluda (é assim que ela fala descabelada), com a calça de pijama de poá e com uma blusinha florida que, como vocês podem observar, nem cabe mais.

Vivi descabeluda

Muito amor pelo #pd3 e por todos os papais que, com seus métodos únicos e eficientes de cuidar e paternar, formam uma memória afetiva fortíssima, estruturante e até insubstituível nas crias.

Segundo Samanta Shiraishi, querida amiga, jornalista, mãe de três e colunista da Disney Babble Brasil, “Estudos mostram que os pequenos-na-verdade-imensos cuidados dos pais com as filhas no cotidiano representam uma mudança indelével na forma como elas se posicionarão no mundo e fazem TODA diferença para seu sucesso profissional e felicidade pessoal”. Para ler mais sobre a importância de deixar o seu marido lavar a louca, bem como exercer outras outras atividades entendidas outrora como femininas, leia a coluna da Sam sobre o assunto, clicando aqui.

Intuitivamente, eu e Mário estamos dizendo à nossa menina que ela pode ser o que quiser. Estamos afirmando que, na estrutura familiar, não existe o trabalho da mamãe e o trabalho do papai. O que existe é a cooperação entre os adultos responsáveis pela família que, com amor e dedicação, fazem a casa funcionar.

E assim seguimos trabalhando em jornada 24 x 24h, sem intervalos, com o objetivo firme de gerar adultos felizes, seguros de si, tão capazes de dar a mão a quem precisar e como também de pedir ajuda, trocar o pneu do carro e fazer pão caseiro.

(fotos: acervo pessoal)

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!

Pra conversar: Grupo de Mães e Madrastas

Comente, compartilhe! :)