Quem edita o Blog?

A Bianca Spessirits Mendonça. Brasileira, casada. Nasceu em Belém, foi criada em Fortaleza e mora em Recife. Idade não revelada. Humor razoável, tendendo para o bom (nem sempre). Cabelos lisos, naturais (Rá!). Trabalha (diariamente), treina (quase diariamente), faz terapia (semanalmente), cozinha (muito de vez em quando) e administra (com muitos gaps) uma doce casa. Boadrasta de dois meninos fofos e mamãe da Vitória. Os projetos mais desafiadores são: domar o cabelo, ser um ser humano melhor e cuidar bem dos pequenos. O resto é moleza.

Pra falar comigo: bianca@naoeamamae.com

 

Você é psicóloga/terapeuta/mãe-de-santo?

Não. A pessoa é advogada, boadrasta, mamãe e esposa devotada.

 

Por que “Não é a mamãe!”?

Quando tive a ideia de escrever sobre a madrastidade, eu não tinha filhos. Nesse contexto, “Não é a mamãe”! tem tudo a ver, né? Visualizem uma gata cuidando de dois passarinhos. Assim era a nossa vida. Mas entre a ideia de ter um blog e o fato de coloca-lo no ar, passaram-se meses. Aliás, quase dois anos. Engravidei e perdi um bebê. Engravidei novamente, fiquei de repouso, tive a Vitória, que nasceu prematura…

Mesmo assim, o “Não é a mamãe!” ainda tem tudo a ver, porque sou a Mãe da Vivi, minha menina, mas não sou mãe do Mário nem do Mateus, meus meninos.

 

Como você virou boadrasta?

Meu amado tem dois filhos e, quando casei, como eles têm mãe, achei que não tinha nada a ver com isso. Constatado o engano, aprendi a amar, educar, dividir (ou compartilhar?)… Enfim, me virar com uma família completa. Conseguimos construir uma família feliz a partir do seguinte cenário: nada de festa de casamento; sérias restrições orçamentárias; duas crianças que dependiam da gente; e um amor enorme. Tãn rãããããm! Assim surgiu essa boadrasta.

 

O que é boadrasta?

Nem a Wikipedia define. Mas a pessoa aqui pode dar exemplos elucidativos. É aquela que é vomitada pelos pequenos; leva à escola, ao médico e ao dentista; compra os presentinhos para as festas de aniversário dos amigos da escola; compra as roupinhas, inclusive as do Natal; se preocupa com o menu da residência para que eles tenham uma alimentação balanceada; ensina a dizer “obrigada”, “com licença” e “desculpa”, bem como a mastigar de boquinha fechada; é acordada de madrugada com aquele chorinho… Boadrasta é como se fosse a primeira dama da casa do papai, com todos as obrigações e privilégios inerentes ao cargo. Dá um trabalhão, mas a contrapartida é o amor incondicional do marido/papai e dos enteados fofos. Não é super?

 

Como você virou mamãe?

Pelo método tradicional.

 

Qual a diferença da boadrasta prá mamãe?

Mãe é mãe, né, gente? Não tem o que explicar.

 

Este Blog é apenas para boadrastas e/ou mamães?

Não! Todos os que desejam gerar/criar crianças felizes, saudáveis e cheias de estilo (ou não) são bem vindos, ou seja: boadrastas, mamães, padrastos, papais, vovós, vovôs, titias, titios, “melhor amiga” da mamãe, “melhor amigo” do papai, vizinho(a) legal…

 

O blog relata fatos reais?

Sim. Reais para a autora, hajam acontecido ou não.

 

O blog tem forte conteúdo psicológico?

Sim.  Falamos das dores do mundo, das minhas de das de vocês. Falamos do bebê que perdi, das diferenças entre enteados e filhos, das dificuldades para administrar uma família ~mosaico~…

Mas a autora também entende que são dotados de forte conteúdo psicológico os seguintes assuntos: música, livros, cinema, bolsas, sapatos, cabelo, viagens, roupinhas que nos fazem felizes, coisas fofas… O espectro é amplo. Vocês vão ver.

 

Existem regras de comentários do Blog?

Sim. Os comentários não podem ser ofensivos, criminosos ou com finalidades comerciais. Serão visualizados após moderação, ok? Respeitamos a opinião dos leitores e críticas são aceitas. Se eu me ofender, falo com minha terapeuta.

 

As ilustrações dos posts são de sua propriedade?

Algumas, sim. Outras, não. Dessa forma, caso você seja o detentor dos direitos autorais de alguma imagem aqui veiculada e se sinta prejudicado, basta entrar em contato que tiraremos a imagem do ar imediatamente.

Tudo esclarecido? Ainda não? Então escreve pra mim! ;)

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!