Gente que não vai entregar a chupeta para o Papai Noel…

Pelo menos não em 2014

Chupeta - Papai Noel

A chupeta está entre nós há 2 anos e 10 meses e, tendo em vista o depoimento abaixo (somado a bem fundamentadas convicções paternas), não será entregue ao Papai Noel amanhã.

Já explicamos as razões pelas quais considerarmos a chupeta uma aliada, embora a nossa querida odontopediatra, Dra. Cristina da Fonte, tenha demonstrado tecnicamente (neste post aqui) que, entre o dedo e a chupeta, devemos ficar com o dedo.

Aliás! Na maternidade ideal o seu filho não usa nem chupeta nem dedo, porque você foi capaz de fazer com que seu bebê aprendesse a se consolar por outros meios não prejudiciais à arcada dentária, à mordida, à respiração…

Nesta família praticamos a maternidade/paternidade possível. Esta mamãe que vos escreve já gostaria, sim, de ter dado tchau ao acessório consolador. Mas… O PDC (pai da criança, #pd3), tendo em vista algumas peculiaridades da vidinha da Vivi, é contra. E quer saber? Ele tem razão. Nosso momento ainda não chegou.

Se todos estão prontos para dar mais um passo rumo à vida dos crescidinhos, vão em frente! Entreguem a chupeta para o Papai Noel, troquem por uma bicicleta e sejam felizes! Para que dê tudo certo, papai e mamãe devem estar dispostos a lidar com algum arrependimento, principalmente na hora do soninho, mas nada demais. Sem falar que também é comum que a criança nunca mais peça a “pepê” na vida. #ôglória

Agora se papai ou mamãe estão exitantes, ponderem. Dar adeus à chupeta é um passo importante e deve ser dado com toda a segurança.

Sorry, Santa… Mas não vai ser desta vez. Em 2014 demos tchau às fraldas diurnas e já está bom demais!

Chupeta

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!

Pra conversar: Grupo de Mães e Madrastas

Comente, compartilhe! :)