Sementes do Nosso Quintal

e um papo sério sobre brincadeiras

Hoje o papo sobre brincadeiras é sério. Na verdade, Virginia nos faz um convite à reflexão. O que faz o seu filho feliz? Do que ele realmente precisa para crescer bem, amado e emocionalmente organizado? Que tipo de educação estamos dando às nossas crianças?

Vem pensar com a gente!

O papo gira em torno do filme “Sementes do Nosso Quintal”.

Ver o trailer me fez chorar, de verdade, pensando que tipo de sementinha eu estou plantando nas minhas crianças. Que tipo de quintal emocional elas terão? Colorido, cheio de amor, com aroma de liberdade? Espero sinceramente que sim.

Ontem comecei a ensinar a Vitória a nadar. Tive a honra de receber orientações de uma vovó que já alfabetizou aquaticamente muitos netinhos. Isso encheu meu coração… Me deu aquela sensação inominavelmente boa de que, apesar das ausências, apesar das babás, apensar da minha própria vida, eu estou criando a minha filha.

“Criança tem que ser bem cuidada, por vocês, pais. Não terceirizem isso. Por favor”.

Therezina Pagani

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe

Biancar 1

 

Essa semana não vou ensinar uma brincadeira, vou falar sobre o brincar, o ser criança livremente, subir em árvores, mexer na terra, observar bichos e insetos…

Como já falei aqui, sou sócia de uma loja especializada em brinquedos educativos, por esse motivo, estive em São Paulo durante essa última semana para a Abrin 2014, a maior feira de brinquedos do Brasil. Tudo muito bem, tudo muito bom, novidades na feira, reencontros com fornecedores queridos e parceiros… mas o melhor veio de surpresa no nosso último dia em São Paulo: fomos apresentados a uma família linda, a família que vive a Trenzinho Brinquedos Educativos, a primeira loja do segmento do Brasil, que começou há mais de 40 anos e que tem o slogan “Brincar é coisa séria”.

Admiração imediata! (Obrigada, S. Altino, D. Aurora e Alexandre, por nos receberem com tanto carinho!) E sabe mais? Conversa vai, conversa vem, S. Altino Ito diz: “Olha, está acontecendo uma rodada de conversas sobre educação infantil com uma ciranda de filmes lá no Conjunto Nacional, vocês não querem ir conosco?”. Oi??? E isso lá é pergunta que se faça, S. Altino???

E lá fomos nós, de carona, pro que seria uma das melhores experiências que já tivemos desde que começamos a Zepelim! O filme do dia, o documentário “Sementes do nosso Quintal”, sobre a escola Te-arte, lá em São Paulo, nos fez rir e nos emocionar com o projeto de vida da educadora Therezita Pagani e me abriu os olhos para o que realmente importa para as crianças! Para as CRIANÇAS! Não para mim, não para você, para elas!

O que é mais bonito no documentário é ver como elas são felizes com pouco, pouco de material, bem entendido, porque de amor e carinho, elas precisam bastante! E isso encontram de sobra na Te-arte! Elas são livres naquele espaço, livres para serem crianças, mas aprendem também o que é ter limite, respeito ao outro, à natureza, aos animais, aos adultos, à escola e à família!

Elas convivem com patos, galinhas, insetos, terra, chuva, plantas, outras crianças, tradições, cultura, música, arte… aprendem na prática a reciclar, não desperdiçar, a dividir, a ajudar o outro, reutilizar, a viver em comunidade. Entram em contato com valores que às vezes procuramos, mas não encontramos por aí.

Pois é, gente, hoje talvez o texto não tenha sido tão divertido, mas deixo aqui a reflexão pra vocês fazerem intimamente: do que o seu filho realmente precisa pra ser uma criança feliz? Às vezes, a resposta é bem mais simples do que pensamos!

Para saber mais sobre o documentário “Sementes do Nosso Quintal”, Therezita e a Te-Arte, acesse: sementesdonossoquintal.com.br

E, na minha singela opinião, Seu Altino tem muita razão com seu slogan, então, Vamos brincar e deixá-los brincar!

Virginia.

Assinatura Virgínia

Comente, compartilhe! :)