Páscoa: mais amor e menos chocolate

Tabela chocolate

Consultei a pediatra da Vivi acerca da quantidade de chocolate que ela poderia ingerir, considerando que a nossa primeira Páscoa celebrada está chegando e gostaria que ela participasse da tradicional caça aos ovos promovida pela Tia Fernanda.

A profissional foi categórica: ela pode somente experimentar, considerando que acaba de fazer um aninho. Para facilitar a nossa vida, pedi mais algumas informações e o resultado foi a tabela acima.

Revelação bombástica: a quantidade máxima diária de chocolate permitida para uma criança de 5 anos é a mesma permitida para nós, adultos. Fiquei tão surpresa quanto vocês, queridos!

Assim, na Páscoa e no resto da vida: mais amor e menos chocolate! Mas vale dar uma escapadinha de vez em quando… Ter um KitKat por perto para emergências não faz mal a ninguém, mesmo que a barrinha da felicidade tenha exatamente 45g.

Por fim, nunca é demais lembrar:

– até os 06 meses de vida, o alimento ideal para o bebê é o leite materno e nada mais.

– nos primeiros doze meses de vida, a Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda o consumo de nenhum tipo de doce.

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Comente, compartilhe! :)