PD3 responde (ou não)

PD3 e sua prole: Mário, Meteus e Vitória.
PD3 = Mário + Mateus + Vitória

Em pleno 2013, não é lá muito fácil encontrar um pai de 3 crianças que pretende ser pai de mais uma.

Por acaso, o habitat dessa espécie rara é a minha casa. Vive no clima tropical, é carnívoro, de hábitos diurnos/noturnos e não hiberna. Está sempre de bom humor, é rígido com a disciplina dos filhotes e seus rosnados normalmente são seguidos por afagos.

Por falar em filhotes, são todos a sua cara, embora tenham mães diferentes.

Para que vocês conheçam um pouco mais deste exemplar, convidamos o cidadão para uma entrevista.

Mário, O que mudou na sua vida desde que você se tornou pai?

Sou pai desde os vinte e poucos anos. Nem lembro como era a vida antes de ser pai.

Como é ser pai de três crianças?

Além de cansativo?

O que você costuma fazer nas horas vagas?

É… Eu não tenho horas vagas.

E o custo de vida? Como é manter uma família tão grande?

Nem me fale!

O que você diria aos pais de primeira viagem?

Próxima.

Quais as maiores diferenças entre os seus filhos?

É que dois são meninos e uma é menina.

Você tem sonhos?

Que Vitória seja freira.

Fale um pouco sobre a sua esposa.

Ela é linda, calma, compreensiva, econômica, dócil e seu humor não oscila. Ela adora elaborar nossas refeições (sempre saborosas) e deixar a casa sempre organizada. A dobra da roupa de cama é impecável, assim como o colarinho das minhas camisas. Seu sorriso é belo como os lírios do campo.

O senhor é muito simpático (SQN). Muito obrigada por nos conceder esta entrevista.

De nada.

**********

Queridos, esse é um PD3 imaginário! O Mário não daria uma entrevista prá gente porque ele é meio tímido e tal. Ele ama ser pai de três filhos e administra muito bem o fato de não sobrar tempo para muita coisa. Fácil, realmente não é. Mas nossas três crianças são fontes de felicidade infinita.

É o melhor pai que uma criança pode ter. Trabalha loucamente para bancar a festa, dá colo na hora do colo, dá bronca na hora da bronca e está sempre disponível (exceto para trocas de fralda). Antevê as necessidades dos filhos, inclusive as emocionais.

Amor, você é incrível. Feliz Dia dos Pais!

Agora vou ali porque tem presentes escondidos pela casa inteira.

Beijo nos pais, padrastos, vovôs, tios, sogros… Nossa homenagem a todas as figuras masculinas estruturantes das nossas vidas.

Paulo, meu pai: que saudade! Ano que vem te trago prá cá, você querendo ou não.

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Comente, compartilhe! :)