Sobre o segundo filho…

Não, péra. Quarto filho

Vivi

Em 09/10/13, no dia em que fotografei a Vivi com este sorrisinho lindo, correndo com meu celular na mão e falando como se não houvesse amanhã, escrevi aqui mesmo, no honorável blog:

“Pessoal do céu, como vão?

Solicitamos que seja aberto processo seletivo para vaga de bebê na nossa família, considerando que a Vivi cresceu demais. Todos os critérios para a seleção serão estabelecidos por vocês, como de praxe. A gente só deseja um bebezinho com muita saúde e pra daqui a algum tempo.

Nossa Vitória se tornou uma menininha linda, cuja simpatia faz o coração transbordar de tanta felicidade. Papai do Céu, chefe da corte a qual me remeto, muito obrigada.

Atenção, bebês! Lá em casa é divertido!

Um beijo,

Aquela que quer ser sua mãe”.

Bem… Longos Dois anos se passaram desde então. Após o uso de armamento pesado, acompanhado da minha capacidade de convencimento e da capacidade do #pd3 de deixar suas planilhas financeiras de lado me amar, é oficial: estamos planejando o nosso segundo filho que, na verdade, como vocês sabem, é o quarto.

Por que compartilhar uma decisão tão íntima e tão importante com vocês? Pra mim, a resposta é pra lá de óbvia. Mas vou explicar mesmo assim.

Aqui, há quase três anos, eu e minha família recebemos toneladas de amor. Vocês estão conosco nos melhores e piores momentos! Estou muito feliz com a possibilidade de ser mãe mais uma vez, mesmo estando absolutamente ciente da quantidades de SEs que antecedem a concepção e o nascimento.

SE eu conseguir engravidar; SE eu conseguir segurar a gravidez; SE meus óvulos funcionarem, mesmo estando perto dos quarenta anos… Tenho fé, queridos e queridas. Acredito sinceramente que SE for para o bem da nossa família, vai dar tudo certo. SE não for, o bebê não virá, eu vou chorar e dividir cada lágrima com vocês.

Não é pra agora, ok? De acordo com o nosso planejamento, será em 2017. Antes preciso fazer um trilhão de exames, dar um gás em vários projetos profissionais que estão em andamento… Preciso me acalmar, inclusive. Sem falar que preciso de uma casa maior!

Torçam por nós e, por favor, não comentem com o #pd3 quando encontrarem com ele por aí. O cara é reservado. Já disse isso pra vocês… :)

Beijos!

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!

No Huffpost Brasil: Bianca Spessirits

Comente, compartilhe! :)