Sobre os dez primeiros dias do desfralde…

Número 1 e número 2 around the world

Desfralde - a saga

Há duas semanas iniciamos (em casa e na escola) o desfralde diurno da Vivi. Na ocasião, preparamos um super post com várias dicas para que o adeus às fraldas fosse tranquilo, com dicas de quem mais entende do assunto (pediatra, psicóloga e professora). Para ler o nosso Dossiê do Desfralde, clique aqui.

Após 10 dias sem usar a tal fraldinha, adivinhem quantas vezes a Vivi pediu para ir ao banheiro? NENHUMA. Quantas vezes usou o sanitário nas milhares de vezes que levamos a mocinha ao banheiro? UMA VEZ, hoje pela manhã.

Tem algo errado? NÃO!!! É assim mesmo. Estamos cansados de saber que cada criança tem seu tempo, seu ritmo. Algumas pedem para fazer xixi no primeiro dia do desfralde; outras, demoram meses para pedir; outras lidam bem com o xixi, mas pedem a fraldinha para fazer número 2…

Temos uma infinidade de situações, mas, em todas elas, temos que ter PACIÊNCIA. Nada de brigar com a criança ou forçá-la a usar o sanitário ou o peniquinho. Isso só atrapalha o processo.

E aquando algo der certo, tem que comemorar muito!

Na escola, por exemplo, quando uma criança pede para ir ao banheiro, uma vez terminado o “serviço”, todos cantam juntos parabéns. Não é fofo? Eles adoram mostrar para os amiguinhos que estão crescendo e isso é lindo demais!

Seu filho vai deixar as fraldas, mas no momento dele. Respeite, tenha paciência e incentive.

Mamães, mostrem para as meninas como se faz. Papais também!

Enquanto isso… Haja pano de chão, desinfetante, papel toalha e bom humor!

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe

Comente, compartilhe! :)