Toda mãe pode ter um trabalho que ama

Mãe que trabalha em casa

Toda mãe pode ter um trabalho que ama. Pode, deve, precisa!!

Saia de casa para trabalhar com a tranquilidade de quem, além de estar contribuindo para o sustento da casa e buscando autorrealização, está dando o melhor exemplo que seu filho (sua filha) pode ter.

Faça as adaptações que julgar necessárias, mas não desista de sua carreira, de seus projetos pessoais, dos seus sonhos!

Quando Vivi chegou, deixei de querer ser a vice-presidente-mundial do mundo. Há alguns meses comecei uma nova carreira, que eu nem sabia que queria tanto.

As coisas não deram totalmente certo ainda, mas estão caminhando. Alterno dias de muita motivação e de muito desânimo. Talvez até dê alguns passos “para trás”, para, mais madura, seguir em frente.

O que realmente importa: cuido da Vivi e de tudo que é importante pra ela sem desistir de mim. Não vejo como ser uma boa mãe sem ser uma pessoa feliz.

Então, meninas, não desistam! Sejam felizes! Trabalhem fora, trabalhem em casa… Mas trabalhem.

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!

Pra conversar: Grupo de Mães e Madrastas

Comente, compartilhe! :)