Um parto de cinema – Capítulo III: Finalmente, o nascimento

Porta de maternidade - Vivi

Quando a médica informou que Vitória iria nascer, estávamos só eu e minha doce mãe. O resto da família tinha ido prá casa. E agora? Eu iria entrar sozinha. Fui pro hospital sozinha, de taxi. E iria ter Vivi sozinha, com a equipe médica (blogueira escrevendo com a cara do Cirilo quando sofria bullying da Maria Joaquina).

Minha mãe se encheu de coragem e, de última hora, resolveu me acompanhar. Minha irmã também conseguiu entrar na sala, não sei como. Ou seja: estavam juntas todas as mulheres da família: eu, mami, minha irmã e Vivi inside.

Ocorre que minha mãe, nervosa, enquanto a médica usava o bisturi elétrico, fazia comentários sobre o cheiro de churrasco. Minha irmã, por sua vez, ao ver o pé da Vitória, começou a chorar e não parou mais.

No final das contas, queridos leitores, nenhuma das duas me fez companhia. Elas curtiram profundamente o momento, emocionaram-se e presenciaram o nascimento da nossa delicinha.

Adivinhem que ficou comigo, conversou amenidades, narrou o parto e levantou minha cabeça para que eu visse a Vitória nascendo? O ANESTESISTA! Amo você, Dr. Ferraz!

Vitória nasceu, dei três beijinhos na bochecha dela e ela se mandou para a UTI Neo. Só abriu os olhinhos ao encostar o rostinho no meu. Uma fofa!

Nada de fotos, amamentação na sala de parto, música… Mas uma felicidade enorme. Ela estava viva e razoavelmente bem (apesar de medir 39 cm e pesar 1.605 kg).

E sim: essa é uma minimicrossaria Burberry, presente da Tia Biu, que ficou por muitos dias na porta da maternidade. Vocês saberão o porquê, soon.

Beijos,

Bianca.

bianca@naoeamamae.com

Instagram: @blognaoeamamae

No facebook: Blog Não é a Mamãe!

 

UTILIDADE PÚBLICA

Formulário com gabarito para o candidato a acompanhante de parto, caso o pai da criança não possa comparecer ao evento:

Mereço estar presente no momento mais importante da vida da grávida:

SIM ( X ) NÃO ( )

Fico em silêncio, mesmo quando nervoso:

SIM ( X ) NÃO ( )

Sei chorar sem ser compulsivamente:

SIM ( X ) NÃO ( )

Possui máquina fotográfica e pretende fotografar o parto:

SIM ( X ) NÃO ( )

Comente, compartilhe! :)